segunda-feira, 18 de março de 2019

Em almoço com Bolsonaro, Caiado articula liberação de R$ 1,06 bi em restos a pagar no orçamento federal

Encontro organizado por Rodrigo Maia contou com a presença também do presidente do STF, Dias Toffoli, de ministros e parlamentares


Goiânia, 16 de março de 2019 - O governador Ronaldo Caiado participou hoje (16/3) de almoço com o presidente da República Jair Bolsonaro, na residência oficial da Câmara dos Deputados. Aproveitou o encontro, organizado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para apresentar demandas de Goiás a Bolsonaro e a ministros presentes; entre elas a liberação de R$ 1,06 bilhão em emendas ao orçamento federal que estão em restos a pagar. “É dinheiro que vai chegar aos 246 municípios”, ressaltou.

Bolsonaro sinalizou à sua equipe que desse andamento a essa solicitação. O governador pontuou ainda que esse dinheiro vai ajudar prefeitos e Estado a dar prosseguimento em obras e serviços. “Falei a Bolsonaro sobre a situação difícil dos Estados e ele está sensibilizado”, afirmou.

“Digo e repito: não vamos desagradar gregos e goianos. Governador Caiado tem o nosso carinho e Goiás pode contar com a parceria do Governo Federal”, afirmou Bolsonaro em tom bem-humorado no encontro de hoje à tarde.

Ronaldo Caiado ainda reafirmou o convite a Bolsonaro para participar da abertura da Tecnoshow Comigo, em Rio Verde, no dia 8 de abril. O governador também pediu celeridade na montagem da ponte de metal, provisória, que o Exército irá construir na GO-060, em Israelândia. E ainda acertou detalhes com o Governo Federal para garantir que a Enel seja fiscalizada e regularize os serviços ao consumidor goiano.

De acordo com o governador, esse encontro conseguiu levar os três poderes para convergirem na pauta prioritária do País que é a busca pela solução da situação fiscal dos estados e a aprovação da reforma da previdência. “Os presidentes dos poderes foram nessa vertente, de união, demonstrando sintonia em busca de caminhos para solucionar esses problemas”, assinalou.

O presidente Bolsonaro disse aos presentes que o Brasil não pode perder essa oportunidade. “O momento é união. Não vamos deixar de ter esperança”, declarou Bolsonaro em relato ao governador. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre; do STF, Dias Toffoli; ministros e parlamentares também participaram do evento.

Fotos: João Batista - Secom Presidência da Câmara dos Deputados

Caiado entrega 68 ônibus e antecipa pagamento de R$ 10,4 milhões ao transporte escolar


Governador defendeu integração e regime de colaboração entre Estado e municípios para beneficiar estudantes das duas redes. Fátima Gavioli, da Seduc, destacou que união deve garantir mais economia e qualidade na Educação
Goiânia, 16 de março de 2019 -

 “O Estado não usará um centavo do dinheiro que for dos municípios”. O compromisso foi reiterado pelo governador Ronaldo Caiado durante o anúncio, neste sábado (16/3), do repasse de R$ 10,4 milhões referente à primeira parcela do transporte escolar deste ano e a entrega de 68 novos ônibus. Os veículos zero quilômetro, atenderão alunos das redes estadual e municipal de ensino espalhadas por 56 cidades do interior de Goiás.

O governador disse aos prefeitos que sabe a dificuldade pela qual os municípios atravessam. Lembrou que assumiu o governo com muitas dívidas, com repasses em atraso nas mais variadas áreas, como a própria Educação. No caso do transporte escolar, há pelo menos 10 meses o recurso não chegava aos cofres municipais. “Nosso governo será totalmente diferente. O que é da prefeitura será destinado a ela”, disse ao liberar os R$ 10,4 milhões, adiantando a primeira parcela de 2019 que venceria somente no fim do mês.

O vice-governador Lincoln Tejota frisou que, mesmo apesar das dificuldades enfrentadas, o governo tem trabalhado para oferecer à população a melhor qualidade de vida possível. “Aquelas pessoas que estão torcendo pelo nosso fracasso vão perceber que aqui temos um governo forte e que trabalha”, disse. “Não poupamos esforços para oferecer suporte aos municípios”, completou.

Novos ônibus
Os recursos para a aquisição dos 68 ônibus são provenientes de emendas parlamentares da bancada federal goiana. Caiado falou de seu orgulho por, enquanto senador, ter feito parte dessa emenda que destinou benefícios à Educação em Goiás. Ao citar a líder da atual bancada, deputada federal Flávia Morais, o governador agradeceu o empenho dos demais parlamentares nessa “ação conjunta”. “Esse repasse dos ônibus está dentro da nossa política de valorizar a Educação”, resumiu Caiado.

Com o repasse desses veículos, o Governo de Goiás chega à marca dos 141 ônibus do transporte escolar entregues somente este ano. Há dois modelos, um com capacidade para 29 passageiros e outro maior, para transporte de até 44 estudantes sentados. Todos são equipados para o embarque e desembarque de aluno com deficiência, ou com mobilidade reduzida.

Alguns dos veículos serão destinados ao transporte de alunos que moram no campo, como é o caso de Bonfinópolis. “Esses ônibus têm todo preparo necessário para rodar em estrada de chão, o que vai melhorar significativamente a qualidade e a segurança do transporte dos alunos da zona rural”, comentou o prefeito Kelton Pinheiro. Em Bonfinópolis, o ônibus vai atender a estudantes dos ensinos fundamental e médio, durante o dia, e levar universitários até Goiânia à noite, totalizando cerca de 150 alunos beneficiados.

Educação unificada
A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, ressaltou que sua principal função desde que assumiu a pasta é dar forma ao regime de colaboração entre governo e municípios, que foi determinado pelo governador. Para ela, a entrega dos benefícios nesta manhã prova que a iniciativa já está bem fundamentada. “Não se faz educação municipal ou estadual sozinho. Vamos nos unir, comprar as coisas juntos, trabalhar pedagogicamente juntos. Garantir a economicidade e a qualidade”.

E dentro desse clima de integração, o governador convocou os prefeitos presentes a participarem da elaboração de um projeto que vai desenvolver ações na Educação de forma unificada, sem distinguir se o aluno pertence à rede municipal ou estadual. “Essa sintonia tem que estar totalmente acertada entre município e Estado”, defendeu.

Caiado solicitou que a Associação Goiana de Municípios (AGM) e a Federação Goiana dos Municípios (FGM) indiquem pessoas para participarem da elaboração desse regime de colaboração em prol da Educação. “Quero fazer esse projeto chegar à Assembleia Legislativa para que não seja apenas uma tese, mas que haja a normatização do processo em forma de Lei.”

Realizada na sede da Goiás Caminhões, em Goiânia, a solenidade contou com a participação dos secretários de Administração, Pedro Henrique; e de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais; do senador Vanderlan Cardoso; dos deputados federais Flávia Morais e Professor Alcides; além de vários prefeitos, que receberam as chaves dos veículos.

Fotos: Jota Júnior  

10ª Conferência Municipal de Saúde traz temas de interesse da população águaslindense sobre saúde

Nesta sexta-feira (15) aconteceu a 10ª Conferência Municipal de Saúde, que visa a construção de um espaço cada vez mais democrático para o desenvolvimento das políticas públicas de saúde em Águas Lindas.
Um dos pontos mais importantes discutidos nesta Conferência, é que o Hospital Regional de Águas Lindas Hugo 9, poderá estar funcionando até o final de 2019, segundo o presidente do Conselho de Saúde do Estado de Goiás, Venerando Lemes.
‘Vamos fazer gestão junto ao secretário de Saúde do estado de Goiás, Ismael Alexandrino, que também é um defensor do SUS, e se necessário, junto ao governador de Goiás, Ronaldo Caiado, para que a gente possa concluir o mais rápido possível essa obra, para que seja entregue para a população, a todo vapor e funcionando, ainda esse ano”, declarou o presidente do Conselho de Saúde do Estado de Goiás, Venerando Lemes.
Além do presidente e coordenadores da comissão organizadora, o evento contou com a presença de autoridades.
Estavam presentes no evento o vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, o presidente do Conselho de Saúde do Estado de Goiás, Venerando Lemes, o secretário de Saúde, Eduardo Rangel, a secretária de Assistência Social, Maria Fábia, o secretário de Habitação, Giovanne Machado, o presidente da Câmara dos Vereadores Rogemberg Barbosa, a promotora de justiça Tânia Dable, entre outros.
Vários moradores compareceram para acompanhar de perto as propostas e temáticas da Conferência. Os mesmos participaram de um coffee break e receberão um kit para anotações e a camiseta do evento.
As principais temáticas abordas foram: Saúde como direito, Democracia e saúde, consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde e Financiamento do Sistema Único de Saúde.



Cresce 46% procura por Práticas Integrativas Complementares no SUS

O número de atividades coletivas, como yoga e tai chi chuan, aumentou nos últimos dois anos, passando de 216 mil para 315 mil, entre 2017 e 2018. Ao todo, são 29 práticas integrativas disponíveis no SUS


 yoga e tai chi chuan, o crescimento foi de 46%,
O uso das práticas integrativas no Sistema Único de Saúde (SUS) vem crescendo a cada ano, como complemento em tratamentos em saúde. Nas atividades coletivas, como yoga e tai chi chuan, o crescimento foi de 46%, passando de 216 mil para 315 mil, entre 2017 e 2018. Por isso, o Ministério da Saúde, a partir da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, passou a ofertar um rol de 29 práticas integrativas. São atividades que podem ser feitas individual ou coletivamente.
A quantidade de procedimentos relacionados a essas práticas, como uma sessão individual de auriculoterapia ou uma sessão de atividade coletiva, registrada nos sistemas do SUS entre 2017 e 2018, mais que dobrou, passando de 157 mil para 355 mil, aumento de mais de 126%. O reflexo desse aumento também pode ser visto no quantitativo de participantes nessas atividades, que cresceu 36%, de 4,9 milhões de participantes para 6,67 milhões no período.
Quando o SUS começou a implementar a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, em 2006, eram apenas cinco práticas disponíveis à população: medicina tradicional chinesa/acupuntura, homeopatia, medicina antroposófica, termalismo e fitoterapia. Atualmente esse rol conta com 29 práticas. Na última incorporação, o Ministério da Saúde adotou mais 14 práticas. Entre elas biodança, dança circular, musicoterapia, reiki, shantala, quiropraxia, yoga, entre outras.
As Práticas Integrativas e Complementares (PICS), como são chamadas no Brasil, são reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Os documentos da OMS orientam os países a adoção dessas práticas nos seus sistemas nacionais de saúde. No Brasil, estas práticas foram reconhecidas e tiveram a ampliação solicitada no SUS em diversas Conferências Nacionais de Saúde, maior espaço representativo de gestores, trabalhadores e usuários. Além disso, diversos conselhos profissionais de saúde reconhecem e orientam o uso ético por seus profissionais, como enfermagem, odontologia, fisioterapia, farmácia, entre outros.
A indicação desse tratamento complementar, no SUS, ocorre no âmbito da Atenção Básica, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e também no atendimento especializado, nas unidades hospitalares e centros especializados. Além de ampliar a diversidade da oferta, o número de estabelecimentos que atuam nessa linha também deu um salto de 13%. Passou de 22.164 em 2017 para 25.197 estabelecimentos em 2018.
Os atendimentos podem ser individuais, quando realizados por profissionais de saúde com formação superior, que podem realizar a consulta ou a consulta mais algum procedimento no mesmo atendimento. Dependendo dos procedimentos, também podem ser realizados por profissionais capacitados de nível médio. A oferta dessas práticas não é obrigatória pelos municípios, pois depende também de profissionais capacitados.

Pesquisas - Práticas Integrativas e Complementares

Diversas plataformas de estudos científicos como a Cochrane e o Pubmed trazem os benefícios das práticas integrativas, por exemplo, como complemento das ações de saúde. Há Estudos de revisões sistemáticas, por exemplo, sobre o uso da meditação para redução de risco cardiovascular e até para melhorar casos de depressão.


Transparência na informação auxilia no processo de conhecimento dos serviços oferecidos pelas Secretarias Municipais em Águas Lindas

Em Águas Lindas a população da região tem acesso direto e facilitado às informações necessárias para requerer qualquer tipo de serviço ofertado pelas Secretarias Municipais. 

Estas informações podem ser solicitadas nas próprias Secretarias Municipais pelo requerente indo até a unidade ou via contato telefônico.

Além deste procedimento comum os cidadãos águas lindense tem acesso as informações por meio das redes sociais e site oficial da Prefeitura, que ofertam informações de interesse da população, como por exemplo: é possível saber em que bairro tem acontecido manutenções asfálticas ou obras em geral até mesmo como procurar ou se inscrever em algum tipo de serviço de benefício socioassintencial como o Bolsa Família. 

"A informação pode ser procurada pelo próprio morador em veículos de comunicação, como a internet, mas o diferencial é que o cidadão águaslindense recebe informação do que está ocorrendo na cidade em que reside e de como procurar os serviços ofertados nas Secretarias Municipais, pois estas atendem as demandas locais e acolhem as sugestões dos moradores.

Em Águas Lindas a transparência da informação não acontece somente com relação aos recursos para a manutenção da cidade, mas também em como solicitar serviços que auxilie a população, como por exemplo: a sair de alguma situação de risco social, como o desemprego ou até mesmo solicitar um benefício para si ou sua família, como o BPC e o Bolsa Família.

A transparência na informação gera conhecimento e um cidadão bem informado pode saber mais sobre seus próprios direitos. 

Uma das minhas preocupações como prefeito de Águas Lindas é que além da população poder contar com os serviços mais conhecidos, como os realizados no hospital municipal e na Policlínica, os das escolas e creches, que estes saibam também que existem serviços mais específicos, como os que auxiliam vítimas de violência física, pois este não ocorre somente nas delegacias, mas também na Assistência Social por meio do CREAS, ou que existem serviços próprios para gestantes nos CRAS e nas UBS. 

Me preocupo com esta questão, pois nem todos os moradores do município conhecem todos estes serviços, principalmente os que são relacionados aos direitos sociais. E com acesso facilitado as informações estes podem buscar seus próprios interesses e o de sua família. 

A informação auxilia no processo de emponderamento das famílias na cidade. Esta é uma questão de responsabilidade e ética desta gestão", descreveu o prefeito Hildo do Candango. 




Regularização da escritura de imóveis: Programa Morar Legal realiza cadastramento socioeconômico no setor Recreio Águas Lindas 2

Na última semana a equipe da Secretaria de Habitação esteve no setor Recreio Águas Lindas 2, realizando o cadastramento socioeconômico dos moradores que participam do programa.
O Programa Morar Legal tem como objetivo realizar em diversos bairros de Águas Lindas a regularização fundiária, assim proporcionando aos proprietários acesso à escritura de seus imóveis.
O programa realizou cadastramento em diversos setores, tais como nos loteamentos do bairro Jardim Recanto e do Parque das Águas Bonitas II.

terça-feira, 12 de março de 2019



Águas Lindas contra a dengue: aumentam as orientações prestadas à comunidade para combater a dengue

O período chuvoso é propicio para o aumento da proliferação do mosquito transmissor da dengue, no entanto, a Secretaria Municipal de Saúde de Águas Lindas de Goiás, através da equipe de Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias tem intensificado o trabalho diário no combate a dengue e outras doenças.
O Secretário Municipal de Saúde, Eduardo Rangel, informa que tem recebido do prefeito Hildo do Candango, apoio e condições de trabalho, e que as equipes estão atuando constantemente e conseguindo as metas estabelecidas.
O diretor do Departamento de Endemias, Euder Viera, destaca também a importância da comunidade em fazer a vistoria em seus lotes, para que não deixem água parada.
 Também informa que a Prefeitura tem feito o trabalho de retirada de lixos e entulhos em locais baldios e áreas públicas, o que tem diminuído a proliferação do mosquito, porém os moradores devem cooperar, não jogando lixo nas ruas e avenidas e fazendo a fiscalização neste sentido, para que a vizinhança também não jogue lixo.



Limpeza urbana e conservação da cidade é um dever de todos

A Prefeitura de Águas Lindas por meio da Secretaria de Meio Ambiente orienta os moradores de como conservar a limpeza urbana da cidade, para que haja preservação da paisagem e da saúde coletiva.
Uma cidade limpa garante bem-estar aos cidadãos, que podem manter a segurança da sua saúde e de seus familiares, sem correr riscos por conta de contaminação ou até mesmo contraírem doenças como a dengue, zika ou chinkungunha, trametidas pelo mosquito Aedes aegypti.
A manutenção da limpeza urbana não é uma responsabilidade somente da Prefeitura por meio da Secretaria de Obras, que realiza os serviços de limpeza urbana, da Secretaria de Saúde por coordenar os serviços de vigilância epidemiológica ou da Secretaria de Meio Ambiente por orientar os cidadãos com relação aos cuidados para com o município.
O compromisso de conservação da limpeza urbana também é da população águaslindense, que deve evitar jogar lixo em terrenos vazios, mesmo que não tenha placas indicativas de proibição, como também de observar suas residências para que não haja focos de proliferação do mosquito da dengue.
O acúmulo de lixo em áreas inapropriadas atrai pequenos animais, insetos e mau cheiro, assim como bocas de lobo sujas, por conta do lixo que é levado pela enxurrada, gerando além de riscos à saúde, impacto visual negativo nestas regiões, por causa da sujeira, forte odor e até alagamentos.
O dever de realizar manutenção da limpeza urbana em Águas Lindas é de todos. Auxilie no seu bairro, não jogando lixo em terrenos vazios e verifique se há focos de proliferação do mosquito da dengue em sua casa ou local de trabalho.
Colabore para o bem-estar de todos, inclusive o seu. Compartilhe dessa ideia. Seja um cidadão consciente. 

Para saber mais sobre os serviços de limpeza urbana leia essa matéria: https://bit.ly/2F4JJFL 
Não deixe de conferir o vídeo com dicas para conservação da limpeza urbana no Facebook: https://bit.ly/2VVoR9J


quinta-feira, 7 de março de 2019

Prefeitura convoca 10ª Conferência Municipal de Saúde em Águas Lindas



Prefeitura convoca 10ª Conferência Municipal de Saúde em Águas Lindas

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Saúde promoverá a 10ª Conferência Municipal de Saúde, que será realizada no dia 15 de março de 2019.
Os temas abordados na Conferência serão: Saúde como direito, Democracia e saúde, consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde e Financiamento do Sistema Único de Saúde.
Farão parte da comissão organizadora o presidente e as coordenadoras.




Serviço de Convivência para Pessoa Idosa em Águas Lindas promoveu baile de carnaval para os idosos


Baile da melhor idade:
Serviço de Convivência para Pessoa Idosa em Águas Lindas promoveu baile de carnaval para os idosos

Na última semana a Prefeitura de Águas Lindas por meio do Serviço de Convivência Núcleo Idoso promoveu um baile de carnaval para os idosos do município.
O evento contou com a presença da primeira – dama Aleandra Sousa e da secretária de Assistência Social Maria Fábia, que tiveram um momento de fala em homenagem aos idosos.
Na ocasião, além de muita música e dança, foi servido um lanche reforçado para que os mesmos tivessem disposição para aproveitar o evento.
No evento todos os presentes também comemoraram e parabenizaram os aniversariantes do mês.
O Serviço de Convivência Núcleo Idoso é um serviço disponibilizado para a população idosa, que pode voluntariamente solicitar inscrição para ser inserido no mesmo nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Para saber mais informações de como requisitar o serviço acesse aqui.